“Tendemos a registrar o que está dando errado, não o que está dando certo.”

Marshall B. Rosenberg 

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Página: 260

“Paradoxalmente, apesar de nosso desconforto em receber elogios, a maioria de nós anseia por ser genuinamente reconhecido e apreciado.”

Marshall B. Rosenberg 

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Página: 259

🔖 Leia outras citações que abordam o mesmo tema:

“Quando estamos enredados em pensamentos de crítica, culpa ou raiva, é difícil estabelecer um meio interno saudável para nós mesmos.”

Marshall B. Rosenberg   

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Páginas: 238 a 239

“A depressão é indicativa de um estado de alienação de nossas necessidades.”

Marshall B. Rosenberg 

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Página: 237

“Herdamos uma linguagem que serviu a reis e elites poderosas em sociedades baseadas na dominação. As massas foram desencorajadas de desenvolver a consciência de suas próprias necessidades; ao contrário, foram educadas para serem dóceis e subservientes à autoridade.”

Marshall B. Rosenberg

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Página: 236

“A violência vem da crença de que as outras pessoas nos causam sofrimento e portanto merecem ser punidas.”

Marshall B. Rosenberg 

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Página: 205

“Quando a consciência se concentra naquilo que de fato precisamos, somos naturalmente impelidos a agir em direção a possibilidades mais criativas para que aquela necessidade seja atendida. Ao contrário dos julgamentos moralizadores de quando nos culpamos, que tendem a obscurecer tais possibilidades e a perpetuar um estado de autopunição.”

Marshall B. Rosenberg

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Páginas: 184 a 185

🔖 Outra citação que aborda a mesma ideia:

“A empatia é a compreensão respeitosa do que os outros estão vivenciando. Em vez de oferecermos empatia, muitas vezes sentimos uma forte urgência de dar conselhos ou encorajamento e de explicar nossa própria posição ou nossos sentimentos. Entretanto, a empatia requer que esvaziemos nossa mente e escutemos os outros com a totalidade do nosso ser.”

Marshall B. Rosenberg 

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Páginas: 150 e 151

“Se formos capazes de falar de nosso sofrimento sem máscaras e sem culpar ninguém, até outras pessoas que também estão sofrendo às vezes são capazes de escutar nossas necessidades.”

Marshall B. Rosenberg 

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Página: 150

“É impossível dar algo a alguém se nós próprios não o temos.”

Marshall B. Rosenberg 

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Página: 149

“Temos de esquecer a preocupação com o que os outros vão pensar de nós se quisermos estar em harmonia.”

Joseph Campbell  

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Páginas: 144 a 145

“Quando estamos pensando a respeito das palavras de alguém, escutando como elas se relacionam com as nossas teorias, estamos olhando para as pessoas, mas não estamos com elas.”

Marshall B. Rosenberg 

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Página: 137

“Muitas vezes é frustrante alguém precisar de empatia e nós presumirmos que essa pessoa precisa de encorajamento ou de conselhos ‘para consertar a situação’.”

Marshall B. Rosenberg 

Livro: Comunicação não-violenta – Técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais (Editora Ágora, 2006) | Autor: Marshall B. Rosenberg | Página: 135