“- Você sabe de onde vem a palavra ‘asilo’? (…) Vem da Idade Média, do direito que as pessoas tinham de buscar refúgio em igrejas, lugares sagrados.”

Paulo Coelho  

Livro: Veronika decide morrer (Objetiva, 1998) | Autor: Paulo Coelho | Página: 24

“As tarefas diárias jamais impediram alguém de seguir seus sonhos.”

Paulo Coelho – As Valkírias  

Livro: Palavras essenciais (Vergara & Riba Editoras S.A., 1998) | Autor: Paulo Coelho | Página: 13

“E o fim de nosso caminho será voltar ao ponto de partida e perceber o mundo à nossa volta como se fosse a primeira vez que o observamos.”

T. S. Elliot (adaptação)

Livro: Teoria crítica nas organizações (Thomson Learning, 2008) | Autora: Ana Paula Paes de Paula | Página: V

“(…) não se pode aprender muito no espaço de uma vida; é uma função importante da cultura transmitir aquilo que outros aprenderam.”

B. F. Skinner  

Livro: Sobre o behaviorismo (Cultrix, 2006 – Primeira publicação: 1974) | Autor: B. F. Skinner | Páginas: 98 a 99

“Uma pessoa tem um problema quando lhe falta uma resposta capaz de produzir alguma condição que será reforçadora. Ela solucionará o problema quando emitir tal resposta.”

B. F. Skinner  

Livro: Sobre o behaviorismo (Cultrix, 2006 – Primeira publicação: 1974) | Autor: B. F. Skinner | Página: 98

“Um homem não pode indagar acerca do que conhece, nem acerca do que não conhece; pois se conhece, não tem necessidade de indagar; e se não conhece, não pode indagar, pois desconhece o próprio assunto acerca do qual vai fazer indagações.”

Platão  

Livro: Sobre o behaviorismo (Cultrix, 2006 – Primeira publicação: 1974) | Autor: B. F. Skinner | Página: 96

“O comportamento oculto tem a vantagem de podermos agir sem comprometer-nos; podemos anular o comportamento e tentar novamente, se as consequências privadas não forem reforçadoras.”

B. F. Skinner  

Livro: Sobre o behaviorismo (Cultrix, 2006 – Primeira publicação: 1974) | Autor: B. F. Skinner | Página: 92

“‘Pensar’ frequentes vezes significa ‘agir fracamente’, podendo a fraqueza dever-se, por exemplo, a um deficiente controle por estímulo. Se nos mostrarem um objeto com o qual não estamos muito familiarizados, poderemos dizer ‘Penso que se trata de uma espécie de chave inglesa’, sendo que ‘Eu penso’ se opõe claramente a ‘Eu sei’.”

B. F. Skinner  

Livro: Sobre o behaviorismo (Cultrix, 2006 – Primeira publicação: 1974) | Autor: B. F. Skinner | Página: 91

“Há muitos processos comportamentais que geram ‘mutações’, as quais são então submetidas à ação seletiva das contingências de reforço. Nós todos produzimos novas formas – por exemplo, neologismos, misturas, palavras portmanteau, observações espirituosas que envolvem distorção e erros da fala rápida.”

B. F. Skinner  

Livro: Sobre o behaviorismo (Cultrix, 2006 – Primeira publicação: 1974) | Autor: B. F. Skinner | Página: 89 | Skinner sobre o Comportamento Verbal Criativo | Portmanteau: palavavras formadas por elementos de duas outras palavras, como aguardente.

“A felicidade é um sentimento, um subproduto do reforço operante. As coisas que nos tornam felizes são as que nos reforçam; (…).”

B. F. Skinner  

Livro: Sobre o behaviorismo (Cultrix, 2006 – Primeira publicação: 1974) | Autor: B. F. Skinner | Página: 63

“Os seres humanos são criaturas feitas de esperança e não seres geneticamente ideados para conformar-se.”

B. F. Skinner  

Livro: Sobre o behaviorismo (Cultrix, 2006 – Primeira publicação: 1974) | Autor: B. F. Skinner | Página: 55

“Um mal-entendido ainda corrente, acerca da evolução, é a crença de que um animal ou planta muda a fim de melhor adaptar-se a seu ambiente; por exemplo, que desenvolve um olho com o propósito de ver. Uma vez que a mutação é um processo aleatório e que muitas mutações são antes prejudiciais do que neutras ou benéficas para o organismo, torna-se evidente que a ocorrência de uma variação é, em si mesma, uma questão de acaso (…).”

Columbia Encyclopedia  

Livro: Sobre o behaviorismo (Cultrix, 2006 – Primeira publicação: 1974) | Autor: B. F. Skinner | Página: 52

“(…) a validade de um raciocínio depende de se saber se ele realmente conduzirá à verdade, e não do fato de se acreditar que ele conduzirá à verdade.”

Charles S. Peirce  

Livro: Semiótica (Perspectiva, 2010) | Autor: Charles S. Peirce (1839 – 1914) | Parágrafo: 371 – Página: 113

“Tudo que acontece uma vez, pode nunca mais acontecer. Mas tudo que acontece duas vezes, acontecerá uma terceira.”

Provérbio 

Livro: O alquimista (Editora Rocco, 1989 – Primeira publicação em 1988) | Autor: Paulo Coelho | Página: 231

“(…) a Alma do Mundo era a parte da Alma de Deus, e viu que a Alma de Deus era a sua própria alma.”

Paulo Coelho  

Livro: O alquimista (Editora Rocco, 1989 – Primeira publicação em 1988) | Autor: Paulo Coelho | Página: 227

🔖 Leia outras citações que expressam a mesma ideia:

“(…) quando uma coisa evolui, evolui também tudo que está a sua volta.”

Paulo Coelho

Livro: O alquimista (Editora Rocco, 1989 – Primeira publicação em 1988) | Autor: Paulo Coelho | Página: 208

“Quando se ama não temos necessidade nenhuma de entender o que acontece, porque tudo passa a acontecer dentro de nós, (…).”

Paulo Coelho  

Livro: O alquimista (Editora Rocco, 1989 – Primeira publicação em 1988) | Autor: Paulo Coelho | Página: 221