“Na maior parte dos casos, aqueles que confundem amor com atenção não se amam no sentido genuinamente espiritual da palavra, e sim, em larga medida, a partir do seu próprio ego, como na frase ‘eu amo tudo o que você faz por mim’. Consequentemente, o relacionamento diz respeito apenas ao próprio indivíduo, não à outra pessoa (…).”

T. Harv Eker  

Livro: Os segredos da mente milionária (Sextante, 2020 – Primeira publicação: 2005) | Autor: T. Harv Eker | Páginas: 48 a 49

“(…) a maioria das pessoas casadas que se desarmonizam umas com as outras o fazem devido a acúmulo de um grande número de pequenas circunstâncias no casamento, as quais poderiam ter sido esclarecidas e contornadas no momento em que foram criadas, (…).”

“Diabo”Napoleon Hill   

Livro: Mais esperto que o Diabo (CDG, 2022 – Escrito originalmente em 1938) | Autor: Napoleon Hill | Páginas: 190 a 191

“O amor não é memória. O amor não é experiência. Não é amor pensarmos na pessoa que amamos, pois isso é apenas pensamento. Não se pode pensar o amor. (…) O amor, por conseguinte, não é uma experiência.

Quando há amor, há ação, (…).”

J. Krishnamurti  

Livro: A primeira e última liberdade (Cultrix, 1981 – Primeira publicação em 1954) | Autor: J. Krishnamurti | Página: 49

🔖 Leia outras frases que expressam a mesma ideia:

“Sempre existe alguém, que é ráio de sol de nossa vida.”

Carolina Maria de Jesus 

Livro: Casa de alvenaria, volume 2: Santana (Companhia das letras, 2021 – Escrito em 1960 e publicado originalmente em 1961) | Autora: Carolina Maria de Jesus | Página: 328 | A fim de resguardar a integridade da voz e da escrita de Carolina, esta edição mantêm todos as grafias destoantes dos dicionários do início da década de 1960, quando o livro foi escrito.

🔖 Leia outra citação que expressa a mesma ideia:

“Uma mulher inteligente vê os defeitos do homem antes de casar-se com ele. As tôlas vê depois.”

Carolina Maria de Jesus 

Livro: Casa de alvenaria, volume 2: Santana (Companhia das letras, 2021 – Escrito em 1960 e publicado originalmente em 1961) | Autora: Carolina Maria de Jesus | Páginas: 156 a 157 | A fim de resguardar a integridade da voz e da escrita de Carolina, esta edição mantêm todos as grafias destoantes dos dicionários do início da década de 1960, quando o livro foi escrito.

“A vida em ambientes onde pessoas não se escutam torna-se gradualmente insalubre, chata e um fermento permanente para a agressividade.”

Christian Dunker e Cláudio Thebas

Livro: O palhaço e o psicanalista: como escutar os outros pode transformar vidas (Ed. Planeta, 2021) | Autores: Christian Dunker e Cláudio Thebas | Página: 14

“Nenhum homem é uma ilha, isolado em si mesmo. Todo homem é parte do continente, um pedaço de um todo.”

John Donne 

Livro: Do mil ao milhão – sem cortar o cafezinho (Ed. Harper Collins, 2018) | Autor: Thiago Nigro | Página: 216

“A salvação das mulheres está em pensar que todos os homens são iguais. A desgraça dos homens está em pensar que todas as mulheres são diferentes.”

Ramón Gomez de la Serna, no livro “Greguerías”  

Livro: A chave do Enigma (Ed. Record, 2001) | Autor: Fernando Sabino | Página: 137 – Crônica: “Palavras ao Vento”

“A diferença entre o consolo e o cuidado e carinho é a seguinte: se você tem uma planta que está doente porque você a mantém num armário escuro e você lhe diz palavras tranquilizadores, isso é consolo. Se você tira a planta do armário e a põe ao sol. Lhe dá algo para beber e depois conversa com ela, isso é cuidado e carinho.”

Clarissa Pinkola Estés  

Livro: Mulheres que correm com os lobos (Editora Rocco, 2018 – publicado originalmente em 1992) | Autor: Clarissa Pinkola Estés | Página: 367

“A frieza é o beijo da morte para a criatividade, para os relacionamentos, para a própria vida. Algumas mulheres agem como se conseguir ser fria fosse um grande feito. Não é. É um ato de ira defensiva.”

Clarissa Pinkola Estés

Livro: Mulheres que correm com os lobos (Editora Rocco, 2018 – publicado originalmente em 1992) | Autor: Clarissa Pinkola Estés | Páginas: 212 a 213

“Amar significa abraçar e ao mesmo tempo suportar inúmeros finais e inúmeros recomeços – todos no mesmo relacionamento.”

Clarissa Pinkola Estés  

Livro: Mulheres que correm com os lobos (Editora Rocco, 2018 – publicado originalmente em 1992) | Autor: Clarissa Pinkola Estés | Página: 188