Frases de C. G. Jung

C. G. Jung

Nascido em 26/07/1875 em Kesswil – Suíça.

Falecido em 6/06/1961 em Küsnacht – Suíça.

Psiquiatra suíço criador dos conceitos de inconsciente coletivo, arquétipo, personalidade introvertida e extrovertida.

Autor dos livros:

CITAÇÕES

“Em que medida o homem se conhece a si mesmo? Bem pouco, como a experiência revela. Assim sendo, resta muito espaço para o inconsciente.”

C. G. Jung

Livro: Os arquétipos e o inconsciente coletivo (Ed. Vozes, 2018) | Autor: C. G. Jung | Parágrafo: 44 | Páginas: 29 – 30

“O mundo existe porque seus opostos são mantidos em equilíbrio. O racional é contrabalanceado pelo irracional e aquilo que se planeja, pelo que é dado.”

C. G. Jung

Livro: Os arquétipos e o inconsciente coletivo (Ed. Vozes, 2018) | Autor: C. G. Jung | Parágrafo: 174 | Página: 100

“Se formos tocados por uma grande ideia de fora, devemos compreender que ela só nos toca porque há algo em nós que lhe corresponde e vai ao seu encontro.”

C. G. Jung

Livro: Os arquétipos e o inconsciente coletivo (Ed. Vozes, 2018) | Autor: C. G. Jung | Parágrafo: 215 | Página: 124

“O encontro de muitas pessoas tem uma grande força sugestiva. O indivíduo na multidão torna-se facilmente uma vítima de sua sugestionabilidade. Só é necessário que algo aconteça, por exemplo, uma proposta apoiada por todos para que cada um concorde, mesmo que se trate de algo imoral. Na massa não se sente nenhuma responsabilidade, mas também nenhum medo.”

C. G. Jung

Livro: Os arquétipos e o inconsciente coletivo (Ed. Vozes, 2018) | Autor: C. G. Jung | Parágrafo: 225 | Página: 129

“Em lugar de combater-se a si próprio, é melhor aprender a carregar o próprio fardo (…).”

C. G. Jung       

Livro: Psicologia do Inconsciente (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 132

“Uma pessoa só foi compreendida pela metade, quando se sabe a proveniência de tudo o que aconteceu com ela. (…) Como ser vivo, ela não foi compreendida, porque a vida não é só ontem nem fica explicada quando se reduz o hoje ao ontem. A vida também é amanhã; só compreendemos o hoje se pudermos acrescentá-lo àquilo que foi ontem e ao começo daquilo que será amanhã.”

C. G. Jung    

Livro: Psicologia do Inconsciente (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 38

“Por um lado, ele quer suprimir-se e por outro, libertar-se: a esta luta dá-se o nome de neurose.”

C. G. Jung       

Livro: Psicologia do Inconsciente (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 131

“O conceito de Deus é simplesmente uma função psicológica necessária, de natureza irracional, que absolutamente nada tem a ver com a questão da existência de Deus. O intelecto humano jamais encontrará uma reposta para esta questão. Muito menos pode haver qualquer prova da existência de Deus, o que, aliás, é supérfluo. A ideia de um ser todo-poderoso, divino, existe em toda parte. Quando não é consciente, é inconsciente, porque seu fundamento é arquetípico.”

C. G. Jung     

Livro: Psicologia do Inconsciente (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 63

“Freud, o digno e velho mestre, disse-me certa vez: ‘Para falar a verdade, só cheguei a clara consciência da minha descoberta, quando se manifestaram por todos os lados as resistências e a indignação; desde então aprendi a julgar o valor da minha obra segundo o grau de resistência oposta a ela.”

C. G. Jung      

Livro: Psicologia do Inconsciente (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 114

“Os casos de neurose, nem de longe, são os mais perigosos. Existem pessoas, aparentemente normais, que não apresentam sintomas neuróticos específicos, e que até se vangloriam de sua normalidade (…), que tem opiniões e hábitos de vida extremamente normais, mas cuja normalidade é uma compensação artificial de uma psicose latente (oculta). Os próprios interessados não desconfiam de seu estado.”

C. G. Jung      

Livro: Psicologia do Inconsciente (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 104

“É rara a doença do corpo, ainda que não seja de origem psíquica, que não tenha implicações na alma.”

C. G. Jung     

Livro: Psicologia do Inconsciente (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 105

“Os dramas mais impressionantes, e os mais excêntricos, não são desempenhados no teatro, mas no coração dos homens comuns, pelos quais passamos sem prestar atenção e que, no máximo, mostram ao mundo, através de um colapso nervoso, as batalhas que se desferem em seu íntimo.”

C. G. Jung       

Livro: Psicologia do Inconsciente (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 122

“A natureza humana não é constituída apenas de pura luz, mas também de muita sombra.”

C. G. Jung

Livro: O eu e o inconsciente. (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 16

“Cada um tem em si algo do criminoso, do gênio e do santo.”

C. G. Jung

Livro: O eu e o inconsciente. (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 23

“Todo indivíduo é, inconscientemente, pior em sociedade do que quando atua por si só. O motivo é que a sociedade o arrasta e na mesma medida o torna isento de sua responsabilidade individual. Um grupo numeroso de pessoas, ainda que composto de indivíduos admiráveis, revela a inteligência e moralidade de um animal pesado, estúpido e predisposto à violência.”

C. G. Jung

Livro: O eu e o inconsciente. (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 27

“Só aquilo que somos realmente tem o poder de curar-nos.”

C. G. Jung

Livro: O eu e o inconsciente. (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 43

“É impossível chegar a uma consciência aproximada do si mesmo, porque por mais que ampliemos nosso campo de consciência, sempre haverá uma quantidade indeterminada e indeterminável de material inconsciente, que pertence à totalidade do si mesmo. Este é o motivo pelo qual o si mesmo sempre constituirá uma grandeza que nos ultrapassa.”

C. G. Jung

Livro: O eu e o inconsciente. (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 53

“(…) o homem, em sua escolha amorosa, sente-se tentado a conquistar a mulher que melhor corresponde à sua própria feminilidade inconsciente: a mulher que acolha prontamente a projeção de sua alma.”

C. G. Jung

Livro: O eu e o inconsciente. (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 65

“(…) a ação correta provém do pensamento correto, e não há possibilidade de cura ou de melhoria no mundo que não comece pelo próprio indivíduo.”

C. G. Jung

Livro: O eu e o inconsciente. (Ed. Vozes, 1987) | Autor: C. G. Jung | Página: 101

LIVROS

Leia mais citações de Jung clicando nos livros abaixo:

Siga nas Redes Sociais